Chatbot para empresas: 6 principais tendências

chatbot para empresas

Cada vez mais, o chatbot para empresas vem sendo utilizado para automatizar os processos e operações de relacionamento com o cliente e reduzir custos no setor. Assim, é possível facilitar e agilizar o atendimento aos consumidores, melhorar a experiência e gerar mais vendas.

Segundo o Mapa do Ecossistema Brasileiro de Bots, inclusive, a maior finalidade na demanda por chatbots é o atendimento ao cliente, correspondendo a 64% do total. Neste sentido, o recurso tecnológico permite automatizar respostas a demandas frequentes e repetitivas dos usuários, garantindo a resolução rápida de consultas.

Mas não é só isso. Com a possibilidade de uso dos chatbots de conversação com inteligência artificial, as empresas podem usufruir de muitos outros benefícios, como:

  • Conversas naturais, personalizadas e humanizadas;
  • Diálogo fluido e sem problemas;
  • Entendimento das necessidades e intenções dos clientes;
  • Aprendizado contínuo com as interações para melhorar as respostas.

Como consequência, é possível obviamente promover uma melhor experiência aos usuários, garantindo sua satisfação e fidelização. O que, no final, pode representar novas compras e indicações do seu negócio para amigos.

Então, para que o chatbot para empresas continue a trazer resultados positivos para o seu negócio, é importante conhecer as principais novidades e tendências do setor. É o que veremos a seguir.

Leia também: Como melhorar o atendimento ao cliente com assistentes virtuais

6 tendências para desenvolver o chatbot para empresas

Com o cenário apresentado acima, fica clara a necessidade de investir no chatbot para empresas. Mas o que os gestores e diretores de inovação dos negócios devem levar em consideração na hora de desenvolver e implementar a ferramenta?

Separamos as tendências que esses líderes devem ficar de olho para criar um chatbot com qualidade e eficiência. Confira:

Avanço do processamento de linguagem natural

Os chatbots com o processamento de linguagem natural conseguem, a partir das conversas, extrair informações, reconhecer contextos, interpretar intenções e sentimentos dos usuários. Com isso, é possível ir além de compreender os clientes, desenvolvendo diálogos mais complexos e respostas para cada necessidade, com linguagem simples e fácil.

No entanto, com os avanços nessa área, os chatbots podem ser criados cada vez com maior personalidade de acordo com o negócio de cada empresa. Imagine só, a partir do perfil da sua marca e dos consumidores, construir um robô com uma linguagem própria para estabelecer uma maior conexão com os usuários. Isso já é possível.

Entendimento do consumidor e da jornada do cliente

Essa tendência para o desenvolvimento do chatbot, na verdade, é uma necessidade. Afinal, apesar de terem empresas que só saem criando robôs para atendimento no seu negócio, é indispensável ter uma compreensão maior do consumidor e da jornada do cliente.

Ao identificar esses aspectos, é possível criar uma linha de comunicação mais efetiva e garantir que a tecnologia vai entender as necessidades do consumidor para responder uma dúvida, recomendar um produto, enviar uma promoção, emitir um alerta sobre status de pedido ou agendamento de serviço, entre outros.

Digital First e integração de canais

Os clientes estão dispersos por diversos canais de comunicação e entram em contato com as marcas por diferentes meios. Então, neste sentido, o chatbot para empresas deve ser responsável por um atendimento omnichannel, reunindo todos os canais em um só lugar para facilitar as interações e abordagens.

Esse aspecto evoluiu e agora é conhecido como Digital First, levando em conta que o primeiro contato ocorre em um canal digital. Então, o chatbot deve ser capaz de atender nos diferentes meios, com uma conversa próxima e fluida com os clientes, dando continuidade nas interações e proporcionando uma experiência mais humanizada.

As principais funcionalidades do chatbot no digital first são as seguintes:

  • Canais conectados;
  • Dados compartilhados;
  • Centralização da gestão de canais;
  • Continuidade no atendimento, conversas e negociação.

Atendimento por voz

Os consumidores aumentaram as buscas por voz. Segundo levantamento da comScore, 50% de todas as pesquisas seriam feitas por voz até 2020.

Então, as empresas precisam se adaptar a esta situação e configurar chatbots inteligentes com capacidade de processamento de voz, tanto para o suporte ao cliente via autoatendimento, como para a realização de ligações para lembretes, notificações e pesquisas.

Segurança de dados

Com tantas interações e conversas entre os clientes e as empresas, com fornecimento de dados pessoais e informações de compras de produtos e serviços, os negócios devem se preocupar em garantir a segurança dos dados, bem como sua privacidade. 

Vale destacar que a Lei Geral da Proteção de Dados (LGPD) está em vigor no Brasil desde setembro de 2020 e prevê multas de até R$ 52 milhões no caso de descumprimento das políticas estabelecidas. Assim, uma prática importante diz respeito ao consentimento do usuário, em que ele deve ser informado sobre a coleta, uso e armazenamento dos seus dados, podendo concordar ou não.

Leia também: 3 passos para implementar chatbots com inteligência artificial em empresas

Machine learning para melhoria contínua

Por fim, outra tendência de chatbot para empresas se refere à aplicação de machine learning na ferramenta para que ela tenha capacidade de aprendizado e melhoria contínua. Com isso, é possível tornar o ‘robô mais inteligente’ e aumentar o potencial de interação com os clientes.

É importante ressaltar que o chatbot com esse tipo de inteligência artificial pode aprender com os dados das conversas, identificando padrões e se aperfeiçoando.

Como seguir as tendências e garantir o melhor chatbot para empresas?

Depois de conhecer as principais tendências para os chatbots para empresas, quer saber como desenvolvê-los na prática? Conte com a Yellow Messenger, plataforma líder mundial em assistentes virtuais inteligentes.

Aprovada por mais de 500 empresas globais, a Yellow Messenger disponibiliza os chatbots de conversação com inteligência artificial, em texto e voz, com as melhores tecnologias do mercado, como omnichannel, motor de PNL poderoso, insights de conversação e muito mais.

Fornecemos os assistentes virtuais inteligentes para suporte ao cliente, engajamento de funcionários, engajamento dos clientes, automação empresarial, publicidade digital e WhatsApp para negócios.

Os chatbots podem ser usados em diferentes segmentos de mercado, como telecom, educação, bancos, seguros, instituições de saúde, varejo, entre outros, com plataforma nativa para mais de 120 idiomas, inclusive português, e integração com mais de 30 canais. 

Quer saber mais? Entre em contato agora mesmo com nossos especialistas!

Deixe um comentário