Chatbot para e-commerce: 6 passos para vender produtos de forma online

Chatbot para e-commerce

Desde o ano passado, por conta da necessidade de isolamento social, o comércio eletrônico sofreu um boom, com um crescimento expressivo das compras online. Neste sentido, as lojas virtuais estão à procura de novas estratégias para se diferenciar dos concorrentes e conseguir aumentar as suas vendas. Uma forma de atingir estes objetivos é por meio do chatbot para e-commerce

Este tipo de assistente virtual pode ajudar em toda a jornada de compra dos clientes. O que engloba desde a publicidade digital para a captação dos consumidores, passando por toda experiência de aquisição de um produto ou serviço com atendimento integral, resolução de dúvidas e auxílio para fechar a compra, e indo até o pós-venda, com pesquisa de satisfação e suporte completo.

Vale destacar que o comércio eletrônico registrou, em março deste ano, 1,66 bilhão de acessos. Isso representa um aumento de 40% em comparação ao mesmo período do ano anterior, segundo dados da Conversion.

E tem mais: a previsão para 2021 é de que as vendas online tendem a crescer 26%, atingindo um faturamento de R$ 110 bilhões, de acordo com o E-bit I Nielsen.

Para comprovar a relevância de contar com um chatbot para e-commerce, outra pesquisa realizada pelo Gartner indica que, até 2022, 72% das interações entre cliente e empresa serão conduzidas por chatbots, entre outros mecanismos robotizados.

Além disso, 27% dos clientes dizem usar o WhatsApp para realizar compras e 24% admitem também contratar serviços, revela o levantamento da MindMiners. Isso destaca, inclusive, a importância de se associar um chatbot para e-commerce no atendimento via WhatsApp para potencializar as vendas.

Por isso, neste conteúdo, vamos entender melhor como o chatbot pode contribuir para gerar mais vendas digitais.

Leia também: Chatbot para WhatsApp: como criar e implementar em empresas B2C

Qual a importância do investimento no chatbot para e-commerce?

Antes de mais nada, é importante entender que a implementação do chatbot não é uma despesa para o seu e-commerce. Muitos gestores costumam achar que essa inovação demandará um alto gasto. No entanto, o pensamento é exatamente o contrário, já que a solução é um investimento que agrega valor ao negócio.

Afinal, a ferramenta está alinhada às demandas e expectativas dos consumidores exigentes, que buscam rapidez, eficiência e personalização, tanto no atendimento, como no processo de vendas. Mas as vantagens não param por aí. Veja mais impactos positivos causados pelo chatbot que comprovam que vale a pena investir na solução.

Automação de processos: como a maioria das consultas dos usuários no atendimento e na jornada de compra são repetitivas, é possível automatizá-las, garantindo a rápida resposta aos clientes e a ajuda da tecnologia para o consumidor fechar as compras.

Redução de custos operacionais: com a automação, os gestores aumentam a capacidade de atendimento e relacionamento com clientes, com a mesma equipe. O que representa uma economia. Sem contar que os funcionários podem executar tarefas mais estratégicas e que geram mais resultados para o negócio.

Atendimento personalizado e menor tempo de espera: o chatbot traz respostas em tempo real, eliminando a espera dos usuários para ser atendido. Além disso, ele fornece interações personalizadas de acordo com a análise das intenções do cliente e gera conversas em linguagem natural.

Crescimento nas vendas: com atendimento rápido e prático, as ferramentas proporcionam maior facilidade para os clientes comprarem online. Inclusive, uma pesquisa da Opinion Box mostra que os chatbots são considerados um novo canal de vendas por 54% dos entrevistados.

Retorno sobre o investimento: a partir desses benefícios listados, além de muitos outros, 57% das empresas entrevistadas neste estudo da Accenture concordam que os chatbots podem gerar grandes retornos. 

Como funciona o chatbot para e-commerce na prática?

O chatbot para e-commerce pode ser usado em diversas plataformas de mensagens, como Facebook Messenger, WhatsApp, aplicativos e atendimento no site da empresa.

Basicamente, a ferramenta funciona para divulgação de promoções, indicações de produtos, respostas às dúvidas, auxílio com cadastros, pagamentos, fretes e localização, lembrete de carrinho de compras esquecido, rastreamento de pedidos, entre outros.

Leia também: Como melhorar o atendimento ao cliente com assistentes virtuais

Como usar o chatbot para e-commerce para gerar mais vendas?

Agora que você já sabe como o chatbot pode render um aumento de vendas, vamos ver como vender mais em 6 passos.

1. Definir os objetivos dos chatbots e os pontos de contato

Em primeiro lugar, você deve escolher os objetivos atrelados aos chatbots para e-commerce. Ou seja, ele será responsável pela captação de clientes, pelo atendimento, pelo auxílio no processo de vendas ou por todos eles. Assim, é possível desenvolver a solução de forma adequada para realizar as funções requeridas e trazer os resultados esperados. 

Ao mesmo tempo, é essencial verificar em quais plataformas o chatbot vai atuar e entrar em contato com os clientes. Para isso, a empresa deve avaliar os canais de comunicação preferidos dos consumidores para acessar e caminhar até a compra. Dessa forma, fica mais fácil instalar o bot.

2. Estipular o tom de conversa com os usuários

Chegou a hora então de estruturar o processo de comunicação do chatbot com a persona do seu e-commerce. Para tanto, você deve definir a linguagem e o tom de voz, além das frases e palavras que serão utilizadas. Desse modo, a solução vai se comunicar com muito mais eficiência e facilidade com o cliente em potencial, gerando interesse, engajamento e otimizando as vendas.

Vale destacar também que o chatbot com inteligência artificial pode se aprimorar ao longo do tempo e das interações, realizando abordagens ainda mais personalizadas e assertivas para apoiar a geração de novas vendas.

3. Utilizar anúncios personalizados

Com a solução tecnológica, é possível desenvolver campanhas e anúncios personalizados para os usuários e enviá-los de forma automática para impactar os clientes em mais de 30 canais de comunicação.

4. Usar recomendações de produtos

O chatbot de e-commerce consegue oferecer sugestões personalizadas de produtos que melhor correspondem ao perfil, histórico e preferências dos clientes. 

Além disso, por meio de rápidas perguntas, a ferramenta pode pesquisar no catálogo de produtos e apresentar os itens de acordo com o interesse do consumidor, poupando o tempo do usuário e guiando-o para a finalização da compra.

5. Oferecer dicas sobre produtos

Muitas vezes, os usuários iniciam pesquisas no site do e-commerce, mas sem saber direito o que precisam, para que serve determinado produto e se aquele item resolve o seu problema. Então, um chatbot que gera mais vendas certamente é uma solução com dicas disponíveis sobre as mercadorias.

Imagine ter respostas rápidas sobre um eletrônico, mostrar vídeos de como funciona e oferecer avaliações do produto. Certamente, isso vai influenciar o processo de compra e impulsionar as vendas.

6. Recuperar carrinhos abandonados

Um cenário muito comum e preocupante em e-commerces é o abandono de carrinho. Isso pode acontecer por diversos motivos, desde a desistência real da compra, ou ter encontrado uma promoção em outra empresa, ou ainda ter fechado sem querer e esquecido.

Portanto, aqui o chatbot pode ajudar a retomar essa venda quase perdida, com mensagens de salvamento de carrinho ou até com o envio de um desconto com prazo de validade.

Como desenvolver o melhor chatbot para e-commerce

Certamente, se você chegou até aqui, você tem interesse em implementar um chatbot para e-commerce na sua empresa para gerar mais vendas. Então, para te ajudar no desenvolvimento da melhor ferramenta para o seu negócio, conte com a Yellow Messenger

Com chatbots de conversação com inteligência artificial, garantimos a melhor experiência aos clientes e fornecemos diálogos personalizados. 

As tecnologias e recursos presentes nos nossos assistentes são capazes de auxiliar no suporte ao consumidor, na descoberta e seleção de produtos, na gestão de pedidos e no aumento da taxa de conversão. Em outras palavras, otimizamos as vendas nos varejos e e-commerces.

Disponível em mais de 100 idiomas e mais de 30 canais, nosso assistente é uma plataforma líder mundial em IA conversacional, aprovada por mais de 500 empresas globais.
Quer saber mais detalhes? Entre em contato agora mesmo com nossos especialistas!

Deixe um comentário